Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Cruzeiro busca reforços defensivos, mas Gilvan descarta uruguaio

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

A diretoria do Cruzeiro segue o trabalho para reforçar a equipe para a temporada 2013, e a prioridade passa a ser o setor defensivo da equipe. O presidente Gilvan de Pinho Tavares revela que o técnico Marcelo Oliveira pediu atenção especial neste setor, com o clube buscando atletas de ponta na posição de zagueiro e volante.

“Estamos examinando os nomes, as posições e indicações que foram feitas pelo treinador Marcelo Oliveira, estamos trabalhando de mangas arregaçadas. Ele pediu para reforçar a defesa e meio-campo. Ele especificou que sabe que contamos com bons jogadores que subiram, mas ele sabe que precisa de mais alguns atletas, porque no meio-campo se toma muitos cartões e há muitas lesões”, declarou.

Questionado sobre os reforços da parceria com os empresários uruguaios, Gilvan Tavares afirmou que acha difícil acertar a vinda de algum atleta. Existia a expectativa pela contratação de Maxi Rodríguez, revelação do Montevideo Wanderers, mas o meia-atacante já estaria negociado com o Pescara-ITA. O mandatário cruzeirense disse que a direção do time do Uruguai tenta desfazer o negócio para que Rodríguez venha para a Raposa, mas as chances são remotas.

“Ele foi negociado com o Pescara, que inclusive já pagou por parte dos direitos dele. Mas o presidente vai tentar desfazer o negócio para colocar o jogador no Cruzeiro. Mas eu acho que a chance dele vir para o Cruzeiro é pequena”, disse.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade