Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Por Montillo, Cruzeiro ironiza e pede "Neymar mais troco" ao Santos

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

Mesmo afirmando que o Cruzeiro não pretende negociar o argentino Montillo, o clube mineiro continua sendo assediado por vários times brasileiros, entre eles o Santos, que teve todas as propostas rejeitadas pela direção da Raposa. O diretor de futebol, Alexandre Mattos, garante que só negocia se oferecerem o valor pedido pelo Cruzeiro, mas terá que ser 100% dos direitos.

Para Mattos, o Santos só conseguirá tirar Montillo da Toca da Raposa se oferecer Neymar e ainda um valor em dinheiro, caso contrario, o jogador fica em Belo Horizonte. “Se quiserem o Montillo, mandem o Neymar e mais um troco”, disse o dirigente em entrevista à Rádio Itatiaia.

O Cruzeiro é dono de 60% dos direitos de Montillo, mas só aceita vender 100% dos direitos federativos, repassando aos parceiros, os valores que cada um tem direito. O presidente Gilvan de Pinho Tavares afirmou no início do ano que o preço de Montillo é de 15 milhões de euros.

“Não adianta vir aqui pagar o Cruzeiro, e depois negociar com outro. O Cruzeiro quer receber o dinheiro e passar ao parceiro. Não adianta falar uma coisa com o Cruzeiro e negociar depois com os parceiros. Se quiser comprar o Montillo, o Cruzeiro faz o repasse a quem tem direito”, afirmou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade