Fórmula 1/Bastidores - ( - Atualizado )

Após saída de Haug, Mercedes tentou tirar Horner da Red Bull

Stuttgart (Alemanha)

Após anunciar que não renovaria o contrato de Norbert Haug, seu diretor de competições nos últimos 22 anos, a Mercedes foi atrás de Christian Horner, chefe de equipe da Red Bull apontado como o principal responsável pelo desempenho da equipe nos últimos ano. De contrato renovado, porém, o dirigente recusou a proposta e segue na atual tricampeã da Fórmula 1.

Segundo Helmut Marko, consultor da Red Bull, Horner deve seguir na equipe austríaca não só em 2013, já que estendeu o seu vínculo com a escuderia por mais de uma temporada. “Horner ampliou seu contrato conosco na semana passada por vários anos. A Mercedes chegou tarde demais", revela, em entrevista ao jornal alemão Bild.

Apesar disso, Horner chegou a avaliar a proposta da Mercedes. Segundo a publicação, o dirigente esteve inclusive em reunião na sede da Mercedes, em Stuttgar, para analisar o ambiente de trabalho e conversar sobre valores com a escuderia alemã.

A renovação do dirigente com a Red Bull, porém, frustrou os mandatários da Mercedes, que seguem o planejamento para 2013 com Ross Brawn à frente da equipe, nova casa de Lewis Hamilton.

AFP
Homem forte da Red Bull, Christian Horner renovou contrato com a equipe e frustrou os planos da Mercedes

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade