Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Button apostava em briga entre McLaren e Lotus no início do ano

Woking (Inglaterra)

O britânico Jenson Button se surpreendeu no decorrer da temporada 2012 da Fórmula 1. O piloto da McLaren revelou que apostava em uma briga de sua equipe com a Lotus pelo título, após começo forte do Mundial.

“Depois de cinco corridas, eu pensei que íamos ganhar o campeonato. Nós parecíamos muito competitivos e eu achei que a Lotus ia bem esse ano. Eles foram consistentes, mas não tiveram ritmo suficiente. Foram cinco corridas em que eu não teria dito que a Red Bull venceria esse ano”, afirmou Button, vencedor da etapa de abertura da temporada, o Grande Prêmio da Austrália.

A McLaren começou no topo, mas depois se deparou com o início mais equilibrado dos últimos tempos, em que os pilotos de diversas equipes se revezaram no pódio. Button reconheceu o bom trabalho da equipe, embora ele não tenha sido coroado com os resultados.

“Quando você não ganha, você sempre acha que perdeu o título. Estávamos todos lutando pelo Mundial, mas apenas uma equipe pode vencer. A Red Bull fez um trabalho muito bom e venceu o Mundial de Construtores, enquanto a gente, apesar do bom trabalho, não fizemos o suficiente”, explicou.

O piloto ressaltou que os resultados não justificam um desapontamento da escuderia, haja vista o bom trabalho realizado. “É um esporte muito competitivo e não devemos ficar desapontados com a forma em que fomos nas corrida, nós apenas não fomos bons o suficiente”.

Por fim, Button apontou a consistência e a confiabilidade como pontos fortes da Red Bull, para que ela terminasse como vencedora.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade