Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Chefe da Ferrari afirma que Alonso merecia título, mas faltou carro

Maranello (Itália)

Mesmo com a temporada 2012 encerrada, o Mundial de Pilotos da Fórmula 1 ainda é assunto entre as equipes. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o chefe da Ferrari, Stefano Domenicali, opinou de que o espanhol Fernando Alonso era merecedor do título, mas a escuderia não lhe forneceu um carro para isso.

"Foi uma temporada incrível, e eu acredito que Fernando realmente merecia ter vencido. Não estou falando isso porque ele é um de nossos pilotos, mas, sim, porque concordo com a opinião da maioria dos especialistas e das pessoas que acompanham a Fórmula 1. Então, o que faltou? Um carro rápido e um pouco de sorte, eu diria", analisou Domenicali.

AFP
Chefe da Ferrari acredita que Alonso tinha potencial para vencer o Mundial de Pilotos, mas não contou com o melhor carro

O dirigente não poupou elogios ao piloto espanhol e considerou sua temporada perfeita. "Eu dou nota 10 para a temporada de Fernando. Ele é um piloto fantástico, que combina o imenso talento que tem com o nosso grupo de trabalho, protetor quando é necessário e motivador”, declarou.

Ao atribuir nota a Ferrari, no entanto, Domenicali foi mais rigoroso, apesar de reconhecer a evolução do time vermelho ao longo do ano e se orgulhar do time. "O que estava faltando era o carro, apesar de termos conseguido melhorá-lo muito depois de um início complicado. Também faltou sorte em alguns momentos, especialmente em Spa e em Suzuka. É por isso que dou nota 7 para a Ferrari. No entanto, estou orgulhoso do trabalho que fizemos neste ano", encerrou o italiano.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade