Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Com aprovação de Vettel, Red Bull pensa em retorno da Áustria na F-1

Milton Keynes (Inglaterra)

Com o adiamento da etapa de Nova Jersey, nos Estados Unidos, para 2014, diversas pistas são especuladas para ocupar um espaço no calendário da Fórmula 1. A Red Bull manifestou o interesse em ver um Grande Prêmio da Áustria, de onde a escuderia é originária, entre as provas da maior categoria do automobilismo.

A Áustria recebeu a Fórmula 1 até 2003 e o circuito passou a ser chamado de Red Bull Ring ano passado, após passar por reformas. O tricampeão Sebastian Vettel nunca correu no país pela categoria, mas demostrou interesse em ver a etapa no calendário oficial.

“A pista é completamente compatível com a Fórmula 1. Não sei por que não vamos para lá. Para nós, seria ótimo ter nosso Grande Prêmio em casa”, afirmou o alemão.

AFP
Red Bull considera a possibilidade de correr "em casa" pela Fórmula 1 e ganha aprovação de Vettel

Entretanto, o dirigente do time Helmut Marko ponderou que há algumas dificuldades para que este sonho se concretize, embora não tenha descartado a possibilidade.

“No momento, a economia mundial está crescendo na Ásia e na América do Sul. Há taxas que são em torno de US$ 20 ou US$ 30 milhões a serem pagas, então uma pergunta a ser feita é de onde viria este dinheiro. Mas nunca podemos dizer nunca. Vamos ver o que acontece”, ressaltou o diretor.

Para ele, a Fórmula 1 passa por alguns lugares que não estão preparados para abrigar a prova e a Áustria poderia ser uma boa opção. “Há lugares como a Coreia, onde a pista não é boa, não há um hotel sequer e é difícil chegar e sair do local. Lugares assim não devem ficar”, opinou, por fim.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade