Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Com vaga incerta, Grosjean ressalta aprendizado e projeta ano forte

Enstone (Inglaterra)

A temporada repleta de erros em 2012 colocou em dúvida a permanência do franco-suíço Romain Grosjean na Lotus, mas o piloto quer continuar a dividir o posto de titular da equipe ao lado de Kimi Raikkonen e garante que aprendeu com os problemas para fazer uma temporada forte no próximo ano.

“Espero ser muito mais forte”, projetou o jovem piloto. Dentre os incidentes nos quais Romain Grosjean se envolveu, um deles, no Grande Prêmio da Bélgica, foi punido severamente pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA), com a suspensão em uma corrida. A decisão o deixou de fora da etapa da Itália, abrindo espaço para Jerome d’Ambrosio, um dos pilotos interessado na vaga de titular na Lotus, onde esteve o último ano como reserva.

“Existem altos e baixos, mas acho que esse ano tem sido 10.000 coisas a mais do que eu aprendi ano passado”, ressaltou. Grosjean lembrou dos bons resultados conquistados e do bom relacionamento com os membros da Lotus, com quem quer continuar trabalhando.

“Acho que tudo começou com o terceiro lugar em Melbourne, depois tivemos alguns pódios e mudou a atmosfera dentro de mim. A equipe tem trabalhado muito bem e eu gosto de trabalhar com eles”, afirmou Grosjean.

Ao avaliar sua performance, o piloto considerou que teve desempenho melhor que o esperado, dado sua inexperiência na maior categoria do automobilismo. “Acho que fui mais rápido do que estava esperando. Houve alguns pontos baixos, mas acho que eles me ajudaram a melhorar e as últimas quatro corridas foram interessantes”, analisou.

“Então, eu me sinto melhor do que no início da temporada. Fui aprendendo muito e ainda estou aprendendo e melhorando bem”, completou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade