Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Cotado para substituir Webber, Ricciardo projeta pódio em 2013

Melbourne (Austrália)

Os pilotos da Fórmula 1 já fazem planos para a temporada 2013. Dentre as metas do australiano Daniel Ricciardo está subir no pódio em seu segundo ano pela Toro Rosso. O piloto é cotado para substituir o compatriota Mark Webber na Red Bull, mas ainda precisa mostrar resultados melhores.

Na última temporada, tanto ele, como sua equipe, tiveram uma atuação discreta e abaixo do esperado. Ricciardo conquistou alguns pontos na parte final da competição, mas eles não foram suficientes para tirar a Toro Rosso da parte de baixo da tabela no Mundial de Construtores.

“Estou ciente de que sei de que minhas metas para 2013 terão de ser mais ambiciosas. Não vou esconder e digo que devo e posso obter um pódio. Vou trabalhar ao máximo para consegui-lo”, garantiu em entrevista à publicação Autosprint.

O piloto contou que teve aprendizados ao longo do ano e soube ser mais agressivo. “Meu calcanhar de Aquiles é que, neste ano, na primeira parte da temporada, eu não era suficientemente agressivo nas corridas”, afirmou Ricciardo, que comparou sua característica com a de Romain Grosjean, conhecido por uma agressividade que muitas vezes foi considerada imprudência.

“Em alguns aspectos eu era o oposto de Grosjean. Agora, porém, acho que encontrei o equilíbrio certo para mostrar minha capacidade”, ressaltou. Além de sua performance individual, o australiano também precisará contar com uma evolução da Toro Rosso e assegura que o carro virá com significativas mudanças para um ano mais forte.

“Acho que vai ser melhor do que este ano. Em todo caso, não vai ser um daqueles carros que parece a cópia perfeita, que mal evoluiu, daquele que correu no ano anterior”, encerrou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade