Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Empresário negocia com Ecclestone por GP da Turquia em 2013

Istambul (Turquia)

O adiamento da etapa de no circuito de Nova Jersey, nos Estados Unidos, para 2014, aumentou a esperança de outros locais que pleiteiam a chance de abrigar uma das corridas da Fórmula 1. Na briga por uma oportunidade está o circuito de Istambul Park, na Turquia, cujo investidor negocia com Bernie Ecclestone, dirigente máximo da categoria.

“O senhor Ecclestone quer um contrato de sete anos. Ele me disse que quer US$ 26 milhões para aplicar na corrida, mas também deixou em aberto a possibilidade de fazer um pequeno sacrifício neste valor”, declarou Vural Ak, empresário turco que detém os direitos do autódromo até os próximos 11 anos.

No entanto, as negociações ainda estão travadas. “Eu aplicarei US$ 5 milhões de meu próprio bolso, sendo que o governo contribuirá com US$ 13,5 milhões. Portanto, a negociação está parada neste sentido”, completou.

Um dos empecilhos para sediar a corrida é a falta de interesse do público local, que não costuma preencher as arquibancadas da pista, mas o investidor está otimista quanto a isso. “Estamos na espera de uma decisão positiva do senhor Ecclestone na próxima semana. Garanti a ele o mínimo de 50 mil torcedores na corrida, embora eu espere algo em torno de 80 mil”.

Vural Ak espera o crescimento dos eventos automobilísticos na Turquia. “Além disso, usaremos o circuito para uma etapa do DTM, como já aconteceu no passado, além de outros eventos, incluindo uma nova categoria turca. Esperamos que os eventos automobilísticos tragam dezenas de milhares de pessoas ao circuito”, encerrou o empresário.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade