Motor/Fórmula 1 - ( )

Horner aponta comprometimento da Red Bull como chave para o título

Milton Keynes (Inglaterra)

A vitória terceira vitória consecutiva da Red Bull no Mundial de Pilotos da Fórmula 1 só foi possível graças a muita luta nos bastidores. Isso é o que garante o chefe da escuderia, Christian Horner, que apontou o forte comprometimento de todos os funcionários que trabalharam na evolução do carro.

O alemão Sebastian Vettel comemorou o terceiro título na temporada 2012, mas a conquista deste ano veio de forma diferente. O piloto não foi dominante durante todo o campeonato, como nos outros títulos, porém conseguiu a ponta da tabela na parte final da disputa e brigou com o espanhol Fernando Alonso até a última corrida, o Grande Prêmio do Brasil.

“Eles (os funcionários) sempre trabalharam duro, mas acredito que esse ano foi o nosso maior desafio”, destacou Horner, que crê que o maior esforço engrandece a conquista. “Tem sido mais difíceis os campeonatos, de construtores e de pilotos. Realmente, tivemos que lutar mais, o que tornou o campeonato mais gratificante em muitos aspectos”.

AFP
Para Horner, terceiro título de Vettel só foi possível em virtude de um trabalho forte de todos os envolvidos

No entanto, o triunfo só veio depois de muito esforço e da entrega dos funcionários nos bastidores. “Os sacrifícios pessoais com o tempo fora de casa, longe da família e dos amigos, em Milton Keynes, tem sido notável”, afirmou o dirigente, cuja equipe já trabalha forte voltada para a temporada 2013.

“A razão pela qual esta equipe é tão bem sucedida é por causa do espírito dentro dela. É a maneira como nós trabalhamos como equipe, a forma como trabalhamos como unidade. Há tantas histórias heroicas este ano, de pessoas que fazem além do que devem para obter um melhor desempenho do carro, para obter componentes para os circuitos, para melhorar o desenvolvimento do túnel de vento, para acertas todos os detalhes”, ressaltou Horner orgulhoso.

O chefe da Red Bull fez questão de lembrar do trabalho dos demais funcionários, que reflete nas corridas realizadas por Sebastian Vettel e Mark Webber. “O que você vê em uma tarde de domingo é uma pequena porcentagem daquilo que está envolvido em um grande prêmio. Este campeonato, e a terceira conquista, não poderia ser imaginado sem o comprometimentos dos funcionários”, finalizou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade