Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Projetista da Red Bull vê parceria durar nos próximos anos

Londres (Inglaterra)

Na Red Bull desde 2006, Adrian Newey não se vê fora da equipe tão cedo. Mesmo deixando claro que sua intenção é um dia seguir sua carreira de projetista fora do automobilismo, o responsável pelos modelos que garantiram o tricampeonato nos mundiais de piloto e construtores nos últimos três anos deve seguir na escuderia austríaca nas próximas temporadas.

“A Red Bull é uma ótima equipe para se trabalhar. Sempre tive em mente que não queria passar minha carreira inteira no automobilismo e, certamente, não na Fórmula 1. Mas, no momento, estou gostando”, revela, em entrevista ao jornal Dailystar.

Divulgação
Considerado um dos melhores em sua função, Newey já foi apontado por Alonso como o adversário a ser batido na RBR
Newey chegou à Red Bull em 2006, após sair da McLaren, contrariando os rumores que deixaria a Fórmula 1 para dedicar-se à construção de iates para a regata da America’s Cup. Segundo o projetista, o clima encontrado na escuderia austríaca é o grande motivo dele ainda seguir na categoria.

“Desde que isso aconteça e eu tenha ofertas de trabalho, eu continuarei fazendo isso. Nesta equipe, mantemos o mínimo de ego e politicagem e tentamos manter um ambiente livre de problemas. Encorajamos a criatividade. Nossos resultados e títulos mostram que tudo valeu a pena”, completa o responsável por assinar o modelo RB9 da temporada 2013, ainda sem data para ser lançado.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade