Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Sem vaga, Senna espera carro em que possa pontuar regularmente

São Paulo (SP)

O brasileiro Bruno Senna ainda não está garantido no grid de 2013 da Fórmula 1, mas traça como principal meta para a próxima temporada conseguir um carro em que possa pontuar regularmente no Mundial. Dispensado da Williams, que promoveu a titular o finlandês Valtteri Bottas, o paulista é forte candidato a acertar com a Force India.

Em 2012, Senna correu com a Williams e encerrou o Mundial de Fórmula 1 na 16ª colocação com 31 pontos ganhos. Seu companheiro no time britânico, o venezuelano Pastor Maldonado, foi o 15º com 45.

“Este ano acho que construímos boa reputação e penso que temos um bom e forte pacote, então deve ser possível ficar no grid no ano que vem.O ideal seria estar em um carro já no top-10 e que pontue regularmente”, disse o sobrinho de Ayrton Senna ao site Gp Update.net.

Com as prováveis renovações de Romain Grosjean com a Lotus e Paul di Resta com a Force India, o grid da Fórmula 1 tem poucas vagas abertas. O segundo carro da Force India é o mais cobiçado da categoria, inclusive pelo baiano Luiz Razia, já que os outros assentos livres estão em time de menor porte como a Caterham, Marussia e HRT.

“Nada é garantido e na Fórmula 1 há milhões de coisas acontecendo a sua volta, então eu só preciso continuar trabalhando duro e tentar oferecer um pacote melhor do que o dos outros pilotos lutando pela mesma posição”, afirmou o brasileiro, não descartando um acerto com equipes pequenas. “Há times ainda evoluindo, então precisamos manter nossas opções abertas. Estar na Fórmula 1 é o único jeito de continuar na Fórmula 1 no futuro”.

AFP
Bruno Senna perdeu a vaga na Williams para Bottas, mas crê em acerto com equipe competitiva em 2013

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade