Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

A 17 gols de Bianchi, Ibrahimovic comemora sucesso imediato no PSG

Paris (França)

O objetivo está traçado: marcar pelo menos 38 gols nos campeonatos disputados em 2012/2013 e ultrapassar o argentino Carlos Bianchi, se tornando o maior artilheiro do Paris Saint-Germain na mesma temporada. Com 18 gols marcados no Campeonato Francês e mais dois na Liga dos Campeões da Europa, o sueco Ibrahimovic precisa marcar apenas mais 17 vezes de janeiro a maio de 2013 para atingir seu primeiro recorde no clube que investiu 24 milhões de euros em sua contratação.

Representante principal do projeto do xeque Nasser Al-Khelaifi, novo presidente do agora milionário clube, Ibra chegou em junho, sendo apresentado na frente da Torre Eiffel, no centro de Paris, a cinco quilômetros do Parque dos Príncipes. Satisfeito com o sucesso imediato conquistado no time dirigido por Carlo Ancelotti, o atacante de 31 anos concedeu uma série de entrevistas ao site do PSG, garantindo que pretende cumprir o contrato de três anos e aumentar cada vez a idolatria dos torcedores.

“Recordes são feitos para serem quebrados. Se eu me propuser e conseguir superar o Bianchi, alguém virá para me bater algum dia. Mas meu trabalho é fazer gols. Tive um bom início de temporada e não vou ficar me limitando a atingir uma meta. Meu objetivo é ir sempre melhor que na última temporada. Pelo Milan, marquei 28 gols na última temporada, então preciso fazer 29 para ficar feliz”, contou Ibrahimovic, ignorando o recorde do atual técnico do Boca Juniors.

AFP
Ídolo em menos de seis meses, Ibrahimovic só fica incomodado com o grande assédio que sofre em Paris
Vivendo há menos de seis meses na capital cultural da Europa, Ibrahimovic lamenta ainda não ter aprendido a falar francês, porque muitos de dentro do clube se comunicam em inglês, mas reconhece que, aos poucos, tem crescido dentro do país: “Eu tenho visitado alguns pontos turísticos e cada vez que saio aprendo um pouco. O único problema é o assédio, mas quando você quer estar no topo, tem que aceitar esse tipo de tratamento”.

Na última sexta-feira, o atacante sueco abriu caminho para a vitória do PSG, fora de casa, sobre o Brest, por 3 a 0. Após o complemento da 19ª rodada do Campeonato Francês, os clubes param os trabalhos para as festas de fim de ano e retomam a próxima rodada no dia 12 de janeiro, contra o Ajaccio.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade