Futebol/Mundial de Clubes Fifa - ( - Atualizado )

Brasileiros do Chelsea descartam favoritismo na final contra o Timão

Yokohama (Japão)

Após a vitória do Chelsea sobre o Monterrey, por 3 a 1, na manhã desta quinta-feira, os brasileiros do time inglês, o zagueiro David Luiz, o volante Ramires e o meia Oscar, comemoraram o resultado e a classificação à final do Mundial de Clubes Fifa. Os três também projetaram o jogo da decisão, contra o Corinthians, marcado para este domingo.

“Eu já conheço o Corinthians. É uma equipe que joga muito bem taticamente. Todos sabem que eles não fizeram um bom jogo contra o Al Ahly, que é um bom time também. Mas final é final”, afirmou Oscar ao SporTV. “Não tem favoritismo para nenhum lado”, acrescentou o jogador, que deve voltar ao banco de reservas contra o Timão.

Já de acordo com Ramires, todos dos Blues conhecem a força que o Alvinegro tem. “Vai ser um jogo difícil. Nós sabemos da força do Corinthians e da importância que este título tem para eles. Mas vamos brigar. Vai ser disputado, como toda final é”, analisou o volante, que, nesta quinta-feira, foi deixado no banco de reservas para ser poupado pelo técnico Rafa Benítez.

Corintiano na infância, o zagueiro David Luiz, destaque da classificação inglesa à decisão após atuar improvisado no meio-campo, garantiu que isto não vai influenciar neste domingo. “Eu era corintiano, sim, mas agora defendo as cores do Chelsea. Sonhei com esta final desde a minha infância. E quem ganha com tudo isto é o Brasil, pelo número de representantes que tem na final”, disse.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade