Futebol/Mundial de Clubes - ( - Atualizado )

Cássio faz milagres na final e ganha prêmio de melhor do Mundial

Yokohama (Japão)

O Corinthians foi o único time que não levou nenhum gol no Mundial. O sistema defensivo tem seus méritos, mas a atuação excepcional do goleiro Cássio lhe rendeu o prêmio de melhor jogador da competição no Japão.

De acordo com estatísticas da Fifa, o camisa 12 teve de se virar com 14 chutes do Chelsea que chegaram ao gol. Além de ganhar um troféu como destaque do torneio, ele foi escolhido também o craque da final.

Paolo Guerrero, o homem que balançou a rede de Petr Cech, ficou com a bola de bronze. Depois de receber o troféu, o peruano ganhou um abraço caloroso do presidente do Timão, Mário Gobbi.

A segunda colocação na escolha da Fifa ficou com David Luiz. O zagueiro brasileiro do Chelsea, que admitiu repetidas vezes ser corintiano de coração, fez realmente uma boa partida no Estádio Internacional de Yokohama.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
David Luiz, Cássio e Guerrero exibem os prêmios que receberam após a decisão do Mundial

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade