Futebol/Mundial de Clubes - ( - Atualizado )

Chelsea estreia contra Monterrey para salvar semestre perdido

Yokohama (Japão)

O Chelsea terá a partir das 08h30 (de Brasília) desta quinta-feira a última chance de salvar um semestre perdido e decepcionante, pelo menos até aqui. Será nesse horário que a equipe londrina disputará a semifinal do Mundial de Clubes da Fifa, contra os mexicanos do Monterrey, em Yokohama, no Japão. Quem passar irá enfrentar o Corinthians, classificado após vencer o Al Ahly por 1 a 0 nesta quarta-feira.

A decepção do Chelsea foi decorrente da queda de produção pela qual a equipe passou ao longo dos últimos sete meses. Depois de conquistar em meio a inédita a Liga dos Campeões da Europa, justamente o torneio que levou o time ao Japão, os Blues perderam o técnico Roberto Di Matteo e foram eliminados ainda na primeira fase da atual edição da competição continental. Embora ainda disputem Campeonato Inglês e Liga Europa, comissão técnica e elenco do Chelsea veem no Mundial a oportunidade para retomar o caminho das vitórias.

AFP
Jogadores do Chelsea são observados por Rafa Benítez; equipe tenta se recuperar de semestre fraco
"Na Europa, as pessoas dão muita atenção a esse torneio, mas eu encaro como uma Copa do Mundo. Quem não gostaria de dizer que é campeão mundial?", disse o atacante Fernando Torres. “Todos no clube têm o mesmo pensamento: ganhar todos os campeonato possíveis. E o esse do Mundial é muito importante para nós”, completou o técnico Rafa Benítez.

Dos quatro brasileiros do elenco, os dois que devem ser titulares são o volante Ramires e o zagueiro David Luiz. O meia Oscar e o atacante Lucas Piazon devem, por sua vez, ficar à disposição de Rafa Benítez. Por outro lado, o técnico não poderá contar com dois de seus principais jogadores: o zagueiro John Terry e o volante Oriel Romeu, ambos lesionados, que nem chegaram a viajar ao Japão.

AFP
O técnico do Monterrey, Victor Manuel Vucetich
Já o Monterrey, apesar de reconhecer o favoritismo do adversário, vem se inspirando em um feito histórico do futebol mexicano para chegar à final: a conquista da medalha de ouro nas Olimpíadas deste ano, com uma vitória na final sobre o Brasil por 2 a 1.

“O futebol do México está crescendo. Mostramos isso em torneios internacionais, com a seleção olímpica, a equipe sub-17, que foi campeã mundial. Para nós, é importante nos destacarmos mundialmente e sermos campeões. (...) Sabemos da importância do Chelsea, mas vai ser um confronto interessante. Temos que estar preparados para qualquer rival. Eles jogam no melhor campeonato do mundo, mas queremos fazer história”, disse o técnico Victor Manuel Vucetich.

O que pode atrapalhar os planos do treinador é o desfalque do maior artilheiro da história do clube, o atacante chileno Humberto Suazo. A equipe chegou à semi após conquistar a Liga dos Campeões da Concacaf e vencer o Ulsan Hyundai por 3 a 1, no último domingo, pelas quartas de final.

FICHA TÉCNICA
CHELSEA X MONTERREY

Local: Estádio Yokohama, em Yokohama, no Japão
Data: 13 de dezembro de 2012, quinta-feira
Horário: 08h30 (de Brasília)
Árbitro: Carlos Vera, do Equador
Assistentes: Christian Lescano e Byron Romero, ambos do Equador

CHELSEA: Cech; Ivanovic, Cahill, David Luiz e Ashley Cole; Obi Mikel, Ramires, Mata e Hazard; Victor Moses e Fernando Torres
Técnico: Rafa Benítez

MONTERREY: Orozco; Pérez, Basanta, Mier e Chávez; Corona, Ayovi, Meza e Neri Cardozo; Chelito Delgado e Aldo De Nigris
Técnico: Victor Manuel Vucetich

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade