Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Em homenagem a Pedro Rocha, São Paulo e Peñarol farão amistoso

São Paulo (SP)

A delicada situação de saúde de Pedro Rocha, ídolo de São Paulo e Peñarol, fez a diretoria tricolor se mexer para prestar a devida homenagem ao uruguaio. Um amistoso entre os dois clubes em que o Verdugo se destacou deverá ser realizada no mês de janeiro.

Adalberto Baptista, diretor de futebol da equipe do Morumbi, confirmou que já há conversas para organizar a partida. “O Penarol já se dispôs a vir a São Paulo para essa disputa. Vamos reverter a renda para a família do Pedro Rocha”, revelou o dirigente, durante o programa Mesa Redonda, da TV Gazeta.

O São Paulo já tem um duelo marcado para o final de janeiro, pela fase preliminar da Copa Libertadores, o que não deve ser problema segundo Baptista. A data do jogo, porém, ainda não tem definição. “Temos uma preocupação com o jogo da Pré-Libertadores, mas acho que podemos viabilizar isso. Já conversei com a comissão técnica”, garantiu.

Rocha defendeu o tricolor paulista entre 1970 e 77, período em que conquistou a torcida pelo espírito guerreiro e raça demonstrados em campo. Na última temporada com a camisa 10 do São Paulo, conquistou o primeiro Campeonato Brasileiro dos seis que tem o clube.

No Peñarol, é também um dos maiores da história, faturando três Copas Libertadores de América (60, 61 e 66), além de dois vice-campeonatos. Com a seleção uruguaia, esteve em quatro Copas do Mundo consecutivas, inclusive no histórico quarto lugar em 70.

Hoje, aos 69 anos, sofre da rara condição de atrofia do mesencéfalo, que o impede até mesmo de andar, falar e enxergar.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade