Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Jornal inglês afirma que André Santos pode parar no Galatasaray

Londres (Inglaterra)

Um dos principais alvos da insatisfeita torcida do Arsenal, André Santos pode estar perto de trocar a Inglaterra pela Turquia. O lateral esquerdo não vive bom momento e estaria perto de uma polêmica negociação. Contratado pelos Gunners junto ao Fenerbahçe, o ex-corintiano estaria na mira do Galatasaray, maior rival do Fener.

Segundo o jornal inglês Daily Mirror, que define a contratação do brasileiro como “fracasso”, o time do volante Felipe Melo e do preparador de goleiros Taffarel encaminhou uma proposta de 2,5 milhões de libras (cerca de R$ 8,4 mihões) para contar com o futebol do ala.

Aos 29 anos, André Santos custou ao Arsenal 7,5 milhões de libras (R$ 25,2 milhões) e o clube londrino espera negociá-lo por, no mínimo, o dobro do oferecido pelo Galatasaray. O clima do brasileiro no time comandado por Arsena Wenger beira o insustentável.

Além de não agradar à comissão técnica por apresentar deficiências na marcação, o lateral convive com lesões e, mais recentemente, desagradou a torcida em um duelo contra o rival Manchester United.. Ao final da partida, vencida pelos Red Devils, André Santos trocou de camisa com o holandês Robin van Persie, que deixou o Arsenal na última janela de transferências, e passou a ser perseguido pelos torcedores pela conversa bem humorada com o ‘traidor’ após a derrota em um clássico.

AFP
Péssima atuação e troca de camisa com Van Persie contra o United evidenciaram má fase de André Santos
Antes de chegar a Londres, André Santos, natural de São Paulo, começou sua carreira nas categorias de base do Figueirense. Após se destacar, chegou ao Atlético-MG e passou pelo Flamengo sem sucesso. De volta ao Figueira, chamou a atenção do Corinthians e chegou ao Parque São Jorge para conquistar a Série B do Campeonato Brasileiro de 2008, o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil de 2009.

Negociado com o Fenerbahçe, o lateral esquerdo passou a atuar mais avançado em campo e era um dos jogadores mais queridos da torcida ao lado de Alex e do também ex-corintiano Cristian. Convocado algumas vezes por Dunga, retornou á Seleção Brasileira com Mano Menezes, mas nem a boa relação com seu técnico dos tempos de Corinthians sustentaram as atuações irregulares e o pênalti desperdiçado na Copa América de 2011.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade