Futebol/Campeonato Espanhol - ( - Atualizado )

Messi comemora recorde, mas prefere valorizar vitória do Barcelona

Sevilha (Espanha)

A vitória por 2 a 1 sobre o Real Betis, fora de casa, foi especial para Lionel Messi. Com os dois gols marcados na partida, o argentino do Barcelona se tornou o maior artilheiro da história do futebol em um mesmo ano.

O recorde de Messi é de 86 gols em 2012, contra os 85 que o alemão Gerd Müller anotou quando estava no Bayern de Munique, em 1972. O argentino precisou de seis partidas a mais para alcançar o feito (66 a 60).

“O recorde é muito lindo pelo que significa”, sorriu Messi, antes de priorizar o resultado coletivo do Barcelona. “O mais importante foi a vitória, que serviu para a gente manter distância das outras equipes no Campeonato Espanhol.”

De fato, o Barcelona teve muitas dificuldades para superar o Betis em Sevilha e deve valorizar o triunfo. Três finalizações do adversário pararam na trave. “Sabíamos que era complicado jogar aqui, pois o Betis tem um bom time e está bem na Liga. Foi uma vitória muito importante”, repetiu Messi.

AFP
Lionel Messi encerrou 2012 em alta, com mais um recorde pessoal para a sua vitoriosa carreira
Apesar de se dizer mais preocupado com a tabela espanhola, o argentino já vislumbra mais conquistas individuais em 2013. “Quando começa um ano, meu objetivo é voltar a conseguir tudo de novo outra vez”, avisou.

Mas Lionel Messi recobrou a humildade para dizer que torce por um amigo – e concorrente – na disputa pela Bola de Ouro da Fifa. “Se Andrés Iniesta ganhar, será merecido por tudo aquilo que demonstra. Seria um prêmio para o nosso vestiário”, disse. O português Cristiano Ronaldo, do rival Real Madrid, também está na disputa pelo prêmio.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade