Futebol/Mundial de Clubes Fifa 2012 - ( - Atualizado )

Benítez valoriza Mundial e tenta não pensar ainda no Corinthians

Londres (Inglaterra)

A torcida do Chelsea não demonstra empolgação com o Mundial de Clubes e está mais preocupada com a eliminação precoce na Liga dos Campeões da Europa, além da distância para a liderança do Campeonato Inglês. No entanto, o técnico Rafael Benítez elogia o torneio no Japão e tenta esquecer o Corinthians para evitar surpresa contra o Monterrey.

“Nós não podemos olhar para o Corinthians ainda. Temos que passar pela nossa semifinal, que há dois anos surpreendeu”, afirmou o treinador, citando a eliminação do Internacional para o Mazembe, do Congo, na semifinal de 2010. Naquela mesma edição, Benítez dirigiu a Internazionale de Milão, que se sagrou campeã.

Antes, o comandante foi vice-campeão com o Liverpool, em 2005, quando foi derrotado na decisão pelo São Paulo. Com experiência na competição, Benítez faz questão de elogiar o Mundial e já se prepara para encarar o Monterrey na quinta-feira.

AFP
Ttécnico do Chelsea, Rafa Benítez aprova o Mundial de Clubes: "Será muito bom passar um tempo no Japão"
“Talvez na Europa as pessoas não considerem o Mundial importante. Mas fale com brasileiros ou mexicanos e você verá como eles o encaram. Para eles, é uma oportunidade de mostrar o nível em que estão contra um grande time da Europa”, analisou o técnico Rafael Benítez. “Você nunca pode falar que disputar um troféu é ruim. Queremos ganhar”, assegurou.

O treinador dos Blues afirmou que sua equipe largou atrás das demais, que chegaram antes ao local do torneio. “As outras equipes já estão se adaptando ao Japão há algum tempo e isto torna as coisas mais difíceis para nós”, lamentou o comandante, que, no entanto, quer aproveitar o tempo que terá no País. “Será muito positivo ficar um tempo aqui”, encerrou o treinador, que desembarcou em Narita neste domingo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade