Futebol Internacional/Melhores do ano - ( - Atualizado )

Seleção do ano de jornal francês tem Ramires como único brasileiro

Paris (França)

O tradicional jornal francês L’Equipe publicou na edição desta quinta-feira sua seleção do ano, e Ramires, volante do Chelsea e da Seleção, é o único jogador brasileiro entre os 11 melhores eleitos pelo diário. Real Madrid e Barcelona formam a espinha dorsal do time que é escolhido pelos jornalistas da publicação.

Os rivais espanhóis têm oito jogadores na seleção, que conta com Iker Casillas (Real), Philipp Lahm (Bayern de Munique), Vincent Kompany (Manchester City), Sergio Ramos (Real), Jordi Alba (Barcelona), Xabi Alonso (Real), Ramires (Chelsea), Xavi (Barcelona), Iniesta (Barcelona), Messi (Barcelona) e Cristiano Ronaldo (Real).

Além da escolha dos melhores, os jornalistas ainda fizeram uma análise de cada jogador. Ramires é classificado como um jogador eficiente e versátil. Único representante do atual campeão europeu, o Chelsea, o volante brasileiro foi, ao lado do marfinense Didier Drogba, o principal destaque da conquista inédita do time londrino, que se sagrou campeão da Liga dos Campeões ao derrotar o Bayern de Munique em plena Alianz Arena, estádio do time alemão.


“É uma honra fazer parte desse seleto grupo de jogadores e um prazer representar o futebol do Brasil. Realmente vivi um ano mágico com a conquista da Liga dos Campeões. Consegui me destacar nas partidas decisivas e, com certeza, isso teve um peso muito grande. Agradeço aos meus companheiros, familiares, amigos, e a todos que torcem por mim de alguma forma. Ter esse reconhecimento é gratificante e me dá ainda mais motivação para seguir em frente”, disse Ramires.

AFP
Revelado pelo Cruzeiro, Ramires vinha sendo titular na seleção de Mano Menezes
Apenas quatro jogadores que foram escolhidos em 2011 se mantiveram na nova lista: Messi, Cristiano Ronaldo e Iniesta (os três últimos finalistas do prêmio Bola de Ouro, da Fifa), além de Xavi. Saíram da relação o zagueiro sérvio Vidic (Manchester United), o goleiro alemão Neuer (Bayern de Munique), os espanhóis Piqué e Busquets, do Barcelona, o espanhol David Silva, do Manchester City, além dos laterais titulares da Seleção Brasileira, Marcelo (Real) e Daniel Alves (Barcelona), que sofreram com lesões ao longo do ano.

A presença de apenas um jogador brasileiro na lista confirma o papel de coadjuvante que a Seleção vem assumindo. No último ranking de seleções divulgado pela Fifa, há pouco mais de uma semana, o Brasil aparece na 18ª posição – atrás de Grécia, Suíça, Equador e Costa do Marfim -, pior colocação desde que o ranking foi criado, em 1993. A Espanha, atual campeã mundial, ocupa o primeiro lugar.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade