Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Sneijder pede para deixar Inter de Milão: "Seria melhor para todos"

Milão (Itália)

O holandês Wesley Sneijder não tem mais clima na Inter de Milão. Sem atuar desde setembro – inicialmente por lesão e depois não sendo utilizado pelo técnico Andrea Stramaccioni –, o meia acredita que sua saída seria benéfica para ambos os lados.

"É claro que, para todas as partes, seria melhor que eu me transferisse. Caso contrário, eu fico, tenho contrato até meados de 2015", disse abertamente o jogador de 28 anos, em entrevista ao De Telegraaf, da Holanda.

Enquanto o treinador alega que a opção por não escalá-lo é técnica, a imprensa italiana diz que o jogador vem sendo preterido por não ter aceitado redução salarial. Atualmente, ele receberia seis milhões de euros por temporada.

O caso levou inclusive a Federação Internacional dos Jogadores Profissionais de Futebol (FifPro) a protestar contra a Inter, afirmando que o clube italiano teria atitude chantagista para obrigar o holandês a aceitar o novo contrato.

Diversos clubes foram especulados como destino de Sneijder, dentre eles os ingleses Tottenham, Chelsea, Manchester United e Manchester City. Stramaccioni, porém, já considera reintegrá-lo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade