Futebol/Campeonato Inglês - ( - Atualizado )

Voleio em treino obriga Rooney a parar por 3 semanas, diz Ferguson

Manchester (Inglaterra)

A emocionante virada do Manchester United por 4 a 3, sobre o Newcastle, com o gol da vitória marcado aos 45 minutos do segundo tempo, não teve a presença do atacante Wayne Rooney sequer no banco de reservas. Ausente da partida que deu aos Red Devils a vantagem de sete pontos na liderança do Campeonato Inglês, o atacante se lesionou durante um treino da equipe, quando tentava uma finta diferente.

Na última segunda-feira, dia seguinte ao empate contra o Swansea, Rooney tentou marcar um gol de voleio na parte recreativa do treinamento e acabou rompendo o ligamento do joelho esquerdo. O responsável por explicar a lesão de seu principal jogador foi o próprio técnico do Manchester United, Alex Ferguson, que já conta com o desfalque do jogador contra West Bromwich, Wigan e Liverpool, nas próximas rodadas do Campeonato Inglês.

“Ele foi dar um voleio na parte final do treinamento. O lance afetou um ligamento do joelho e ele deve ficar de fora por duas ou três semanas”, informou Ferguson, que utilizou Chicharito Hernández como titular na vaga de Rooney e viu o mexicano marcar o gol da vitória, no último minuto do tempo regulamentar.

AFP
Rooney entrou em campo no último domingo, contra o Swansea, e se lesionou no dia seguinte, durante treinamento

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade