Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Aos 34 anos, Guiñazu não pensa em parar: “Tenho cabeça de 23”

Porto Alegre (RS)

O espírito guerreiro do volante argentino Guiñazu conquistou a torcida do Internacional e o jogador se tornou um ídolo colorado, além de acumular títulos internacionais com a camisa do clube. Aos 34 anos de idade e listado como um dos melhores volantes da América pelo periódico uruguaio El País, o jogador descarta a aposentadoria.

“A minha cabeça tem 23 ou 24 anos. Como meu corpo ainda permite, seguirei jogando e dando meus carrinhos. Tenho vontade, saúde e me sinto maravilhosamente bem. Recuperar a bola também ganha jogo, às vezes damos o passe que origina o gol”, declarou à revista oficial do Inter, sem esquecer de exaltar a jogada que o consagrou: o carrinho.

O camisa 5 do Internacional já virou mania entre os fãs e inspirou canções, copos com sua caricatura, corte de cabelo, miniaturas, time de futebol amador e animais de estimação.

Fora do Brasil, o sucesso ainda não foi tão grande, mas, com a chegada de Alejandro Sabella ao comando técnico da seleção argentina, El Cholo, como é conhecido, vem ganhando mais chances e espera realizar um sonho: jogar a próxima Copa do Mundo, que acontece no brasil em 2014.

“Faltam poucos jogos para acabar as eliminatórias e quero chegar lá. Seria a cereja do bolo para a minha carreira, um orgulho muito grande para a minha família e amigos que sempre me deram força", conclui.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade