Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

Após curtir CT, Lucas espera voltar ao São Paulo daqui a dez anos

Tossiro Neto São Paulo (SP)

A fim de curtir ao máximo seus momentos finais no São Paulo, Lucas foi o último jogador a abandonar o treinamento na manhã desta terça-feira. Com cobranças de falta e chutes de longa distância, o meia-atacante estendeu o quanto pôde a última atividade no CT da Barra Funda.

"Queria aproveitar ao máximo meu último treinamento. Bati umas faltas, fiz questão de ficar um tempo com o Rogério (Ceni, goleiro), o Milton (Cruz, coordenador técnico), pessoas que me ajudaram bastante. Na hora em que encostei para beber água, me dei conta de que era o último treinamento", disse o jogador, na entrevista de despedida.

Vendido ao Paris Saint-Germain por 43 milhões de euros no meio da temporada, o camisa 7 tricolor encerra sua passagem pelo clube paulista nesta quarta-feira, na decisão da Copa Sul-americana, contra o Tigre, no Morumbi. Passagem esta que, ele espera, pode ser apenas a primeira.

"Talvez, daqui a sete ou dez anos, eu volte a pisar nesse gramado. Vou sentir muita falta desse CT, desse ambiente maravilhoso. Vou levar isso sempre no coração", comentou o meia-atacante, que, questionado se defenderia outra equipe brasileira no futuro, preferiu não descartar.

"É difícil falar isso, porque a gente não sabe o dia de amanhã. É claro que a prioridade é sempre o São Paulo, por tudo que conquistei aqui, pela identidade criada. Penso em voltar um dia, sim. É o clube que eu amo, ao qual devo tudo. Penso em voltar um dia", respondeu.

A princípio, a programação de Lucas era se apresentar ao PSG somente em janeiro. Nesta terça-feira, no entanto, ele diz que viaja à França em 27 de dezembro para participar de intertemporada da equipe parisiense no Catar até o início do mês seguinte.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade