Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Bandeira de Mello e diretoria tomam posse no Fla nesta quinta

Rio de Janeiro (RJ)

Eleito por ampla maioria no Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, novo presidente do clube, será empossado nesta quinta-feira. Em 3 de dezembro, a Chapa Azul desbancou a Amarelo Ouro, de Patrícia Amorim, que tentava a reeleição, e a Rosa, de Jorge Rodrigues. Foram 1.414 votos a favor dos novos comandantes da Gávea.

Bandeira de Mello é executivo do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e assumiu o comando da Chapa Azul após a impugnação de Wallim Vasconcellos no Conselho de Administração do clube. Vasconcellos ficará com o cargo de Diretor-geral na diretoria.

A principal plataforma é a modernização e profissionalização do departamento de futebol do Flamengo. Para conter a má situação financeira do clube, que tem uma dívida de centenas de milhões de reais, Bandeira de Mello defende uma boa administração e o apoio na maior torcida do Brasil. Zico, principal ídolo do clube, manifestou apoio e esperança no presidente, e explicou que terá um papel de consultor.

Com a desistência do clube na contratação de Robinho – os altos valores teriam barrado as negociações –, qualquer novidade a ser anunciada na cerimônia de posse deve ser a respeito de permanências ou saídas. Zinho tem proposta para seguir como diretor de futebol e trabalharia com Paulo Pelaipe, diretor-executivo.

Alguns jogadores também têm situação indefinida. Léo Moura, com proposta do Goiás, e Renato ainda mantêm conversas sobre uma possível renovação.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade