Futebol/Copa Libertadores da América - ( - Atualizado )

Bernard vê dificuldades contra São Paulo e atitude na Libertadores

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O Atlético-MG vai estrear na Libertadores contra o vencedor do confronto entre São Paulo e Bolivar-BOL. Mesmo assim, o meia-atacante Bernard considera que o Tricolor do Morumbi deve ser o adversário do Galo no primeiro jogo, o qual, para o atleta, será complicado. Bernard, porém, afirma que o Atlético-MG tem que estar preparado para superar qualquer obstáculo, entre eles a altitude, já que o clube terá pelo menos um boliviano no Grupo 3.

“[O São Paulo] é um time complicado, difícil, a gente viu isso no Campeonato Brasileiro. Eles têm tradição dentro da Libertadores. A altitude também é sempre complicada, então são obstáculos que teremos que enfrentar. Eu sempre coloquei que é um campeonato curto, e não pode existir erro. Temos que estar sempre concentrados, focados dentro daquilo que podemos fazer para ter um objetivo maior na competição”, declarou Bernard em entrevista à Rádio Itatiaia.

Questionado sobre o futuro e uma possível negociação para deixar o Atlético-MG, Bernard afirmou que ainda não sabe se vai jogar a Libertadores pelo Galo. O jogador deixou a situação nas mãos da diretoria alvinegra, mas revelou que, caso chegue uma proposta nos valores desejados pelo presidente Alexandre Kalil, ele poderá deixar o clube.

“Não sei ainda. O Kalil sempre colocou que se chegar uma proposta boa eu vou acabar saindo. É esperar a definição destas propostas, do que estar para vir. Eu fiquei sabendo que teve uma proposta de 11 milhões de euros (R$ 30 milhões) que ele recusou. Tem que ser uma proposta boa para o Atlético-MG e para mim. Vamos esperar para ver se eu vou jogar a Libertadores”, disse.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade