Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Dida é oficialmente apresentado como goleiro do Grêmio

Porto Alegre (RS)

O goleiro Dida foi oficialmente apresentado, nesta quarta-feira, como novo goleiro do Grêmio para a temporada 2013. Depois de dois anos parado, o atleta voltou ao futebol neste ano, atuando pela Portuguesa no Campeonato Brasileiro. Contrariando muitos, o goleiro de 39 anos deixou a aposentadoria de lado e foi confirmado no clube gaúcho.

Contratado a pedido do técnico Vanderlei Luxemburgo, o veterano chega para disputar vaga com Marcelo Grohe, titular durante toda a temporada. Na entrevista coletiva concedida em sua apresentação, o goleiro manteve o discurso padrão e respondeu aos jornalistas sobre a disputa pela posição.

“Acho que o treinador que decide. Como em todos os clubes que eu passei, sempre surgiu esse tipo de pergunta e eu sempre respondi da mesma maneira. Sou uma pessoa batalhadora, tenho que conseguir espaço. Temos muitas competições importantes, vou treinar, mas quem decide é o treinador”, afirmou o atleta.

Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Dida chega ao clube gaúcho para disputar a posição de titular com Marcelo Grohe

Apresentado com a camisa 12, o campeão mundial não escondeu a felicidade em assinar com o Tricolor e afirmou que a disputa da Libertadores foi um dos fatores que ajudaram na negociação. “Ter como objetivo disputar a Libertadores é importante para minha carreira. Estar no Grêmio e disputar competições importantes é decisivo. Graças a Deus a negociação está concretizada e estou muito feliz”.

Caracterizado como pegador de pênaltis, Dida foi o pesadelo de muitos cobradores. Raí viu duas de suas cobranças pararem na mão do goleiro alvinegro na semifinal do Campeonato Brasileiro de 1999. Na Champions League da temporada 2002/2003, também parou a Juventus na final do torneio, defendendo três pênaltis. Ao seu perguntado sobre qual Dida o torcedor gremista poderia esperar, o goleiro foi enfático.

“O Dida que chega hoje, com certeza, é um Dida muito mais experiente. A torcida pode esperar bastante dedicação e concentração. De nenhuma forma eu venho aqui pensando em outra coisa, mas, sim, dar o meu melhor para essa equipe”.

”Meu objetivo é jogar porque eu acho que tenho condições reais de estar atuando. Desde que eu comecei a jogar pela Portuguesa eu me dediquei bastante. Hoje estou no Grêmio para a mesma coisa: para me dedicar a essa equipe”, concluiu o experiente goleiro presente nas Copas do Mundo de 1998, 2002 e 2006.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade