Futebol/Bastidores - ( )

Diretoria do Náutico admite priorizar a Copa Sul-Americana em 2013

Recife (PE)

O Náutico pode usar um time reserva e até mesmo de juniores na Copa do Brasil de 2013. Tudo isto para que a equipe não alcance as oitavas de final desta competição, fator que, pelo novo regulamento da CBF, eliminaria o Timbu da Copa Sul-Americana. De acordo com a diretoria, o Alvirrubro deve deixar o torneio nacional ‘de lado’.

“Nós vamos estudar o regulamento, mas sabemos que podemos ir até a terceira fase da Copa do Brasil. Mas todos sabem que queremos disputar a Copa Sul-Americana, e não abriremos mão disto. Temos este direito conquistado e só não o teremos caso haja alguma razão que nos faça mudar de ideia na época”, afirmou o diretor de futebol do Náutico, Armando Ribeiro.

Mesmo tendo que abrir mão da Copa do Brasil, a situação que o Timbu pode enfrentar na próxima temporada poderia ser pior, como explica o dirigente. “É muito melhor ter o direito de escolha do que não ter o que escolher. Vamos esperar até o momento certo para tomar as decisões”, disse Ribeiro, amenizando o planejamento alvirrubro para o ano seguinte.

Já dentro das quatro linhas, a cúpula pernambucana tem motivos para comemorar, uma vez que o técnico Alexandre Gallo está muito próximo de renovar o seu contrato. O treinador, que reduziu a sua pedida salarial, deve acertar o novo vínculo ainda nesta quinta-feira, nos Aflitos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade