Futebol/Copa das Confederações - ( - Atualizado )

Felipão rejeita favoritismo espanhol e tem o respeito de Del Bosque

Helder Júnior São Paulo (SP)

Um dia após dizer que a Seleção Brasileira não deve jogar como o Barcelona, o técnico Luiz Felipe Scolari minimizou outra equipe mundialmente badalada. Felipão não considera a campeã mundial Espanha favorita ao título da Copa das Confederações de 2013, no Brasil.

“Brasil nem Espanha”, avisou o treinador, presente no sorteio dos grupos do torneio. As duas seleções citadas por ele são cabeças de chave. “Temos oito equipes capacitadas a ganhar. Podemos discordar de alguma coisa pelo ranking da Fifa ou pelo trabalho realizado até o momento por uma ou outra, mas é assim”, sentenciou.

O técnico espanhol Vicente del Bosque, por sua vez, não colaborou com as críticas à Seleção Brasileira. “Todo mundo está dizendo que o Brasil está dormindo, mas estamos falando do atual campeão da Copa das Confederações”, respeitou, cauteloso. “Devemos tentar nos classificar na nossa chave primeiro. Enfrentar uma equipe bem organizada, seja qual for, é sempre um problema”, disse.

Teoricamente, o grupo brasileiro na Copa das Confederações é mais complicado. Conta com Japão, México e Itália. Do outro lado, a Espanha enfrentará Uruguai, Taiti e o campeão africano, que só será definido em 10 de fevereiro de 2013.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Apesar do favoritismo, Del Bosque seguiu discurso de Felipão e pregou cautela na Copa das Confederações
“Temos mais responsabilidade no nosso grupo, claro, por causa dos últimos sucessos da Espanha. Mas isso não adianta se não nos prepararmos da melhor forma possível. O Uruguai foi campeão da América e ficou no quarto lugar no Mundial. O Taiti tem um time desconhecido. O campeão africano sempre é perigoso. Vamos encarar a Copa das Confederações com cuidado”, afirmou Del Bosque.

Depois da análise do treinador espanhol, Felipão repetiu suas considerações. “Não há um favorito ao título. No nosso grupo, os quatro competidores têm as mesmas condições de conseguir a classificação. O outro também está com nível elevado, com o Taiti tendo a oportunidade de ganhar experiência”, avaliou, antes de bradar pelas vitórias. “Vamos jogar com o único intuito de ganhar Copa das Confederações, Copa do Mundo e tudo mais.”

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade