Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

Fora da decisão, Luis Fabiano calça chuteira para jogar futevôlei

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Apesar de não poder disputar a final da Copa Sul-americana, Luis Fabiano abdicou das férias. A rotina nos últimos dias de trabalho do ano começou na manhã desta segunda-feira. Ele calçou chuteira e, ao lado de garotos da base e de outros suplentes, jogou futevôlei.

O centroavante está fora da decisão por ter sido expulso no jogo de ida contra o Tigre, em La Bombonera. Logo aos 13 minutos do primeiro tempo, ele tentou revidar agressão do zagueiro Donatti e, assim como o argentino, recebeu cartão vermelho.

No fim de semana, havia dúvida se ele continuaria ou não participando do dia a dia de treinamentos, já que a partida de quarta-feira, no Morumbi, será a última da temporada. Em conversa com a diretoria, porém, pediu para seguir treinando e inclusive se concentrar com o restante do grupo.

Em sua terceira passagem pelo clube, Luis Fabiano venceu apenas o Rio-São Paulo de 2001. Após a expulsão em La Bombonera, ele se mostrou arrependido e disse que faria qualquer coisa para poder jogar o segundo duelo e ser campeão em campo.

Sem ele à disposição, o técnico Ney Franco vai escalar Willian José, atacante que está em fim de contrato e vai defender o Santos a partir de janeiro. Mesmo criticado pela torcida especialmente nos jogos no Morumbi, ele é o artilheiro do São Paulo na Sul-americana, com três gols marcados.

Em razão do 0 a 0 em Buenos Aires, o time tricolor depende de vitória simples na quarta-feira para ser campeão. Em caso de novo empate, a partida vai para a prorrogação. Persistindo a igualdade, o título será decidido nas cobranças de pênalti.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade