Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Galliani afirma que as saídas de Robinho e Pato estragaram seu Natal

Milão (Itália)

O Natal do vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, não será como a sua família esperava. Com viagem marcada para negociar Robinho e Alexandre Pato no Brasil, o dirigente rossonero se mostrou ressentido com a situação e disse que as festividades de fim de ano foram estragadas pela insatisfação demonstrada pela dupla brasileira.

“Desejo aos torcedores do Milan boas festas, mas a derrota para a Roma e o pedido de saída de Robinho e Pato estragaram um pouco”, declarou o vice-presidente ao Gazzetta Dello Sport. No último sábado, o clube italiano voltou a tropeçar no Nacional e perdeu por 4 a 2 para a Roma. O revés deixou o clube em oitavo lugar, com 32 pontos.

Como o torneio só voltará a ser disputado no início de janeiro, Galliani buscará no Brasil a concretização das negociações de Alexandre Pato e Robinho. Os dois jogadores pediram para retornar ao País e terão os seus casos avaliados pela diretoria rossonera. Enquanto Pato tem seu acerto praticamente encaminhado com o Corinthians, Robinho é disputado por Santos e Flamengo.

AFP
A dupla Robinho e Alexandre Pato será negociada após estragar o Natal de Adriano Galliani
Com o dinheiro angariado nas transferências dos brasileiros, o Milan tentará ir atrás de Didier Drogba ou Mario Balotelli. Os dois atletas não estão insatisfeitos em seus respectivos clubes e são sonhos de consumo declarados do presidente Silvio Berlusconi. Contudo, Galliani acredita que a torcida precisará ter paciência durante as futuras negociações por reforços.

“Não há nada fácil na vida. Vamos ver. Acho que é difícil por várias razões”, comentou o dirigente. Embora a pedida salarial dos atletas não seja um problema para o Milan, a dificuldade de negociar Drogba com o Shanghai Shenhua e Balotelli com o Manchester City torna a vida rossonera mais complicada. A equipe ainda não divulgou um ‘Plano B’ e trabalha em sigilo com outros nomes.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade