Futebol/Copa Sul-americana - ( )

Grandes de SP comemoram no mesmo ano pela primeira vez desde 1998

São Paulo (SP)

Campeão da Copa Sul-americana sobre o Tigre na noite desta quarta-feira, o São Paulo foi o último entre os clubes grandes do Estado a comemorar uma conquista na temporada de 2012. Os quatro principais times paulistas não festejavam no mesmo ano desde 1998.

Ainda com a companhia do meia Paulo Henrique Ganso, que seria negociado justamente com o São Paulo, Neymar comandou o Santos na conquista do Campeonato Paulista. Em uma final improvável, o time do técnico Muricy Ramalho bateu o Guarani, algoz da rival Ponte Preta na semi.

Para o Corinthians, independentemente do resultado do Mundial de Clubes, a temporada de 2012 foi memorável na medida em que o clube finalmente conquistou a sonhada Copa Libertadores da América – sobre o poderoso Boca Juniors e de maneira invicta.

Com o título continental, o Timão garantiu a classificação para o Mundial da Fifa. Em busca do bicampeonato, o time comandado pelo técnico Tite estreou de maneira bem sucedida ao vencer o Al-Ahly nesta quarta-feira e agora espera pelo ganhador do embate entre Chelsea e Monterrey na decisão.

Uma semana depois de ver o Corinthians conquistar a Libertadores, o Palmeiras fez o mesmo com a Copa do Brasil. Sob o comando de Luiz Felipe Scolari, o Verdão superou a limitação de seu elenco para vencer o Coritiba na decisão e assumir a condição de maior ganhador de títulos nacionais do futebol brasileiro (10).

Com o triunfo do Palmeiras, o São Paulo tornou-se o clube em maior jejum entre os 12 grandes brasileiros, já que não ganhava um torneio desde o Brasileiro de 2008. No Morumbi lotado, o Tricolor de Ney Franco encerrou o tabu ao abrir 2 a 0 no primeiro tempo. Após confusão no intervalo, os jogadores do Tigre se negaram a voltar a campo, sob alegação de que não tinham segurança para continuar, e a equipe tricolor garantiu o ano dourado dos paulistas.

Os quatro grandes do Estado haviam conquistado títulos na mesma temporada pela última vez em 1998. Enquanto o Palmeiras faturou a Copa do Brasil e a Mercosul, o Corinthians ganhou o Brasileiro, o São Paulo ficou com o Paulista e o Santos, com a Conmebol.

Campeões no primeiro semestre de 2012, o Palmeiras e o Santos, apesar do título da Recopa sobre a Universidad de Chile, caíram de rendimento na segunda metade do ano. O Verdão, por sinal, amargou um novo rebaixamento à Série do B Campeonato Brasileiro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade