Futebol/Bastidores - ( )

'Infeliz', Cristiano recusará nova proposta do Real, garante jornal

Madri (Espanha)

Enquanto a combinação entre Lionel Messi e Barcelona vem resultando em conquistas de títulos e quebras de recordes constantes, a passagem de Cristiano Ronaldo pelo Real Madrid parece fadada a um fim diferente. A edição desta quinta-feira do AS garante que o atacante português irá recusar uma proposta de prorrogação de contrato e de aumento salarial que serão oferecidos pela equipe madrilenha no meio do ano que vem. Tudo para que ele possa se ver livre do clube assim que seu atual vínculo acabar, em 2015.

De acordo com a publicação, o Real irá oferecer a Cristiano um salário anual de 15 milhões de euros (aproximadamente R$ 40 milhões), aumento de 50% em relação aos atuais rendimentos do atleta no clube, além da prorrogação de contrato por mais três anos, até 2018. Mesmo assim o jogador, que, segundo o AS, se sente “infeliz” na equipe, irá recusar a proposta. Para Cristiano, a equipe espanhola pouco estaria fazendo para promovê-lo midiaticamente e torná-lo um candidato forte à conquista da Bola de Ouro – troféu de melhor jogador do mundo concedido pela Fifa e vencido nos últimos três anos justamente por Messi, com o português ficando nesse período sempre em segundo lugar.

Nas últimas semanas, um retorno de Cristiano Ronaldo ao Manchester United, onde atuou por seis anos, já havia sido expeculado pela imprensa inglesa. Pelos Red Devils,o atacante venceu um Mundial de Clubes, uma Liga dos Campeões da Europa e três Campeonatos Ingleses, além de ter conquistado a Bola de Ouro de 2008. No ano seguinte, a equipe negociou o atacante justamente com o Real, por 94 milhões de euros (aproximadamente R$ 254 milhões). No clube madrilenho, ele venceu um Campeonato Espanhol e uma Copa do Rei, e viu Messi ser eleito durante três anos consecutivos o melhor jogador do mundo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade