Futebol/Bastidores - ( )

Muricy descarta hipótese de sair se reforços de peso não chegarem

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

A busca do Santos por reforços de peso tem esbarrado nas altas pedidas dos clubes detentores dos direitos federativos dos atletas. Tanto que, até o momento, o Peixe só anunciou a contratação do zagueiro Neto, ex-Guarani. Mas as dificuldades encontradas pelos dirigentes santistas não desanimam o técnico da equipe, Muricy Ramalho, que descartou a possibilidade de deixar a Vila Belmiro, caso o pedido para a chegada de reforços de peso não seja atendido.

“Uma coisa não está ligada a outra. Se fosse isso, já teria ido embora antes”, afirmou Muricy, refutando qualquer possibilidade de uma saída do time alvinegro, se contratações de impacto não forem realizadas.

“Toda hora tenho convites para sair. Oferecem-me bons contratos, mas já disse que quero permanecer no Santos. Aliás, não pretendo continuar só esse ano (o seu contrato é válido até o fim de 2013), quero ficar por muito mais tempo. Gosto do clube e do ambiente de trabalho, com os jogadores e os funcionários, que é muito legal”, comentou.

Mesmo que o Santos não consiga trazer atletas renomados para o seu elenco, casos do meia argentino Montillo, do Cruzeiro, e do atacante Robinho, do Milan (Itália), Muricy Ramalho acredita ser possível montar uma equipe mais forte do que a atual, sem desembolsar uma grande quantia em reforços.

“Às vezes, com pouco dinheiro, você pode fazer um bom plantel. É tudo questão de estudar, saber negociar. Não é nenhum tipo de loucura que estamos cometendo. Não posso pedir o Kaká (meia do Real Madrid, da Espanha), pois ele não vai vir. Isso seria loucura. Além disso, alguns clubes estão investindo pesado e gastando muito, não tem como concorrer. Mas, com um bom planejamento, tenho certeza que dá para fazer um bom time”, finalizou.

Na linha de contratações mais baratas, o Peixe está próximo de anunciar o volante Renê Júnior, que estava na Ponte Preta, e o atacante Willian José, cujo empréstimo ao São Paulo se encerra neste final de ano. O zagueiro João Filipe e o meia Cícero, que também defendem o Tricolor Paulista, são outros nomes na mira da cúpula santista.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade