Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Novo presidente do Fla e Patrícia assinam contrato com Adidas

Rio de Janeiro (RJ)

Inimigos nas eleições do começo do mês pela presidência do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello e Patrícia Amorim agiram juntos para oficializar o acordo do clube com a nova fornecedora de material esportivo. Depois da aprovação dos conselheiros, o contrato chegou às mãos do atual e da ex-presidente e foi assinado nesta quinta-feira, ao valor de R$ 380 milhões, ao longo de uma década.

Foram meses de negociações com os executivos da Adidas. Antes mantido em sigilo, o possível acordo foi estremecido com o vazamento de informações para a imprensa. Além disso, a Olympikus, atual fornecedora, e Fluminense, que tem contrato com a empresa alemã, passaram a criticar o negócio.

Com a posse de Bandeira de Mello, o acordo foi acelerado e, na noite da última quarta-feira, foi aprovado pelo conselho deliberativo do Rubro-Negro. O contrato com a Olympikus, que teria duração até o final de 2013, será interrompido, e a Adidas assumirá o posto somente em maio do próximo ano.

Apesar dos meses de espera para a troca dos uniformes, o Flamengo já começará a colher os benefícios do novo contrato. A primeira quantia, de R$ 6 milhões, será utilizada pelo clube para pagar a rescisão com a Olympikus, estipulada em R$ 3,5. O Fla também conseguiu uma espécie de ‘bônus’, que será usado para quitar dívidas e buscar contratações para o início da temporada.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade