Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Presidente do Inter promete trazer lateral experiente para a direita

Porto Alegre (RS)

A confirmação neste final de ano das saídas de Edson Ratinho e Nei do Internacional deixaram um vácuo na lateral direita da equipe. Um espaço que, prometeu o presidente colorado Giovanni Luigi, será preenchido com a contratação de algum atleta experiente e com ‘bagagem’.

“Vamos contratar um jogador titular, acostumado a vestir a camisa de grandes  clubes . Eu não queria criar expectativa, mas a nossa pretensão é que ele esteja conosco já em janeiro”, garantiu o dirigente em entrevista concedida nessa segunda à Rádio Gaúcha, sem revelar nenhum nome.

A ideia da diretoria do Inter é que o jogador esteja participe com a equipe de toda a pré-temporada, com início marcado para o dia 3 de janeiro. Segundo Luigi, caso a contratação não esteja selada até lá, uma das maiores promessas das categorias de base do clube começará a ser posta à prova, pelo menos temporariamente.

“Queremos fazer com que o Cláudio Winck [de 17 anos, sobrinho de Luís Carlos Winck, ex-lateral direito e ídolo do Inter nos anos 80] ganhe experiência e possa, nos momentos em que o titular estiver fora, ser aproveitado. Vamos dar a oportunidade para que ele seja reserva ao longo do ano e mostre o que vem fazendo desde a base”, explicou Giovanni.

Desde o final do Campeonato Brasileiro, o clube gaúcho já anunciou apenas a contratação do técnico Dunga, enquanto os zagueiros Ronaldo Alves e Dalton retornam de empréstimo. Por outro lado, o clube perdeu, além de Nei e Edson Ratinho, o técnico Fernandão e o goleiro Renan.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade