Futebol/Campeonato Argentino - ( - Atualizado )

River desfaz negócio com LDU e promove volta de Román, ex-Palmeiras

Buenos Aires (Argentina)

Um dos vilões do rebaixamento do River no Campeonato Argentino, há um ano e meio, está de volta ao clube. E logo após ter participado da queda do Palmeiras para a segunda divisão do Brasileiro. A pedido do técnico Ramón Díaz, o zagueiro paraguaio Adalberto Román não vai mais para a LDU e retornará ao Monumental de Núñez.

A decisão do treinador surpreendeu o clube equatoriano, que já havia anunciado a contratação do defensor por empréstimo. Román, ainda vinculado ao River Plate, passou 2012 no Palmeiras e foi responsável pelo desvio em chute de Vágner Love que selou empate por 1 a 1 com o Flamengo, no jogo que definiu o rebaixamento do Verdão.

No Palmeiras, Román deixou a desejar quase em todas as vezes em que foi utilizado e foi reserva durante toda a temporada. Mas sua imagem é ainda mais desvalorizada no River Plate, já que teve péssimas atuações na reta final da luta contra o rebaixamento, no primeiro semestre de 2011, chegando a cometer pênalti dando um toque de mão na grande área em gol decisivo para a queda.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Zagueiro foi expulso em seu último jogo pelo Palmeiras, na derrota para o Santos com o time já rebaixado
“Para mim, mais do que um erro, foi uma desgraça. Prefiro pensar que o que está por vir será bom”, lembrou Román ao jornal argentino Clarín.“Com trabalho e muito esforço, é possível conseguir tudo. Sei que não fui bem nas minhas duas últimas partidas no River, mas sei também que tenho condições de mudar essa imagem”, falou, ciente de que os torcedores ainda o perseguem por seus erros.

“Não sei como vão me receber. A única coisa que sei é que vou dar tudo de mim para reverter a minha imagem. E tenho muita confiança. Quero uma nova chance no River porque deixei uma imagem dolorosa para mim e para quem confiava em mim”, disse, contente por estar nos planos de Ramón Díaz. “Ele me disse que vou ser muito importante na estrutura do River. E gosto muito dos desafios futebolísticos. Fico feliz que o Ramón confie em mim e confio que posso corresponder”, afirmou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade