Futebol/Copa Libertadores - ( )

Timão vai encarar equipe de Evo e rivais em festa após longa espera

São Paulo (SP)

Na primeira fase da Copa Libertadores, o Corinthians vai enfrentar um time que gritou “campeão” pela primeira vez neste mês, outro que chega à competição saciado após o fim de um longo jejum e outro que tem um torcedor importante.

O presidente da Bolívia, Evo Morales, chegou a defender o San José nas categorias de base. A equipe de Oruro contará com a torcida do político e com uma altitude de 3.700 metros na tentativa de derrubar o campeão mundial no Grupo 5.

Já Millonarios vai encarar o Timão com uma boa experiência contra brasileiros. Na campanha em que acabou sendo eliminada pelo argentino Tigre na semifinal da Copa Sul-americana, a formação colombiana usou sua força 2.640 metros acima do nível do mar para eliminar Palmeiras e Grêmio.

AFP
Carrasco de Palmeiras e Grêmio na Copa Sul-americana, o Millonarios ganhou o Colombiano após 24 anos
O time de Bogotá encerrou neste mês uma espera de 24 anos no Campeonato Colombiano. A tradicional equipe, que havia vencido a competição pela última vez em 1988, ergueu o troféu do Finalización – Nacional do segundo semestre – com um triunfo nos pênaltis sobre o Independiente Medellín.

O outro adversário do Corinthians é o jovem Tijuana, do México. A equipe asteca foi fundada em 2007, chegou à divisão de elite de seu país em 2011 e, com direito a deboche da profecia maia de fim do mundo, surpreendeu conquistando o Apertura deste ano, finalizado no início do mês.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade