Futebol/Campeonato Mineiro - ( )

Tinga aprova trabalho de diretoria do Cruzeiro e prevê 2013 melhor

Belo Horizonte (MG)

Depois de amargar apenas a nona colocação no Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro espera dias melhores em 2013. Tinga, contratado no meio do ano pela equipe mineira, acredita que a diretoria azul está fazendo de tudo para que esse desejo se torne realidade.

“É uma diretoria que trabalha em silencio, não costuma falar, mas vem trabalhando bem. Acredito que para 2013, pelo que a diretoria vem trabalhando. vai ter muito a crescer e acontecer, vamos voltar a lutar por títulos. Isso é o que o torcedor espera da gente, um time como o Cruzeiro tem de brigar por títulos”, declarou o meio-campista à Rádio Itatiaia.

Segundo o jogador, o problema da equipe dirigida por Celso Roth é que foi formada durante o Brasileirão, sem tempo para treinar e se entrosar. “Eu cheguei no meio do ano e no final conseguimos um padrão de jogo melhor, mas já estava terminando o ano. Por já conhecer o grupo, a maneira de trabalhar, a montagem do grupo, vamos pegar o estadual, que serve para modelar, então será melhor para todos”, analisou.

Para 2013, a diretoria cruzeirense já anunciou três reforços. Diego Souza, o principal deles, foi repatriado e se junta a Uellinton, ex-Vitória, e Egídio, que se destacou no Goiás. Nílton, do Vasco, chega em troca que envolveu Pedro Ken e Sandro Silva. Lucca, atualmente no Criciúma, e Ricardo Goulart, no Goiás, podem chegar, em negociação que deve tirar Diego Arias da equipe. No comando, Celso Roth saiu após o fim do ano e deu lugar a Marcelo Oliveira.

O Cruzeiro, porém, ainda corre risco de perder seu camisa 10, Walter Montillo, cobiçado pelo Santos e já com bases salariais acertadas com a equipe paulista. A negociação ainda está em andamento e depende apenas de o time de Neymar abrir os cofres.

2013 também guarda o desafio do Cruzeiro de retomar o título do Campeonato Mineiro, conquistado pelo arquirrival Atlético-MG. A estreia será justamente no clássico estadual, no dia 3 de fevereiro, duelo que marcará a reinauguração do estádio do Mineirão, reformado para a Copa do Mundo de 2014.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade