Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Grêmio inicia a venda de relíquias e lembranças do estádio Olímpico

Porto Alegre (RS)

O Grêmio iniciou venda das relíquias para os torcedores que desejam guardar uma lembrança do Olímpico. O estádio foi substituído pela nova Arena do Grêmio e será demolido conforme o contrato com a empreiteira OAS prevê. Os itens disponíveis para a torcida gaúcha são cadeiras, encostos, azulejos, suportes com grama e até mesmo pedaços de concreto emoldurados.

O investimento nas lembranças do Olímpico será alto. O produto mais caro chega a R$ 489,00, enquanto o mais barato está na faixa de R$ 59,00. Para justificar o preço colocado nas relíquias, a diretoria tratou de colocar suportes e bases de madeira em todos os itens do catálogo. O gramado do campo de jogo ainda conta com um manual de manutenção para prolongar a sua preservação.

Os sócios locatários do clube gaúcho terão prioridade na compra das lembranças e benefícios na hora de escolher a forma de pagamento. A pré-venda pela internet se estenderá até o dia 10 de janeiro. Assim que o prazo se esgotar, os demais torcedores também poderão adquirir os produtos do catálogo. Com exceção da grama, que só será comercializada depois que o Olímpico parar de receber jogos, todos os outros itens poderão ser retirados nas lojas Gremiomania.

Divulgação
O gremista precisará abrir a carteira para adquirir as lembranças do Olímpico: preços vão de R$ 489,00 a R$ 59,00
O último jogo do Grêmio no Olímpico foi realizado em 2 de dezembro, contra o Internacional. O empate por 2 a 2 no histórico clássico gaúcho fechou de vez as portas do estádio e iniciou uma nova era para o Tricolor. O time já inaugurou a sua nova casa com uma vitória por 2 a 1 sobre o Hamburgo, da Alemanha, e alugou o espaço para o jogo entre os amigos de Ronaldo e Zidane, no último dia 19.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade