Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Libertadores na Arena é motivação para Gabriel seguir no Grêmio

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

Pouco aproveitado em 2012, o lateral direito Gabriel afirma que não desistiu de lutar por uma posição de titular no time do Grêmio. Fazendo um balanço de sua discreta temporada em Porto Alegre, o ala de 31 anos negou problemas com o técnico Vanderlei Luxemburgo e garantiu que pensa em cumprir seu contrato com o clube, que vai até 2014.

“Não tive nenhum problema de comportamento, muito menos alguma diferença com o professor Luxemburgo. Sei que ele tem preferência pelo Pará e pelo Tony, pois trouxe esses jogadores mesmo contando comigo e com o Edílson”, disse o lateral. A declaração contrasta com uma informação trazida pelo pai e empresário de Gabriel, o ex-lateral Wladimir, de que o jogador desejava sair do Grêmio devido às poucas oportunidades.

“Meu pensamento agora é de cumprir o meu contrato. Tenho ainda dois anos de Grêmio, o clube disputa uma Libertadores na Arena, e eu, como profissional que sou, quero voltar a jogar. Eu amo o que faço, o futebol está no meu sangue e é herança familiar”, afirmou o jogador.

Edu Andrade/Grêmio
O lateral Gabriel teve poucas chances no Grêmio nesta temporada, mas afirmou que deseja ficar em 2013
Para ser inscrito na Libertadores, no entanto, Gabriel terá que fazer uma ótima pré-temporada. O lateral, que foi destaque do time no Brasileirão de 2010, acaba o ano como a quarta opção do comandante gremista para a lateral-direita do Grêmio. Apesar de pouco aproveitado, Gabriel é um dos jogadores mais caros do elenco tricolor.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade