Handebol/Mundial da Espanha - ( - Atualizado )

Seleção de handebol se reúne novamente e treina para o Mundial

São Bernardo do Campo (SP)

A Seleção Brasileira masculina de handebol voltará a se reunir nesta quarta-feira, um dia após o Natal, para retomar os treinos para o Campeonato Mundial da Espanha. O time treina até 29 de dezembro em São Bernardo do Campo e viaja à Europa no dia 2 de janeiro.

O Mundial da Espanha tem início em 11 de janeiro, mas a equipe nacional realiza três amistosos no país antes de estrear na competição. A Seleção participa de um quadrangular com os donos da casa, o Chile e o Japão, em que pretende se adaptar ao estilo de jogo dos adversários que enfrentará no Grupo A do torneio.

"Nestes dias de treino aqui no Brasil e durante o torneio da Espanha, temos que melhorar o jogo de conjunto, aperfeiçoando todos os procedimentos feitos durante os períodos de preparação", analisou o técnico espanhol Jordi Ribera, que anunciou a lista de convocados no último sábado.

Os escolhidos para disputar o Mundial foram definidos após dois períodos de treinos no Brasil e amistosos contra a Coreia do Sul, que disputou os Jogos Olímpicos de Londres-2012. A equipe nacional venceu os dois jogos em São Bernardo do Campo e o treinador optou por uma mescla entre atletas experientes e jovens revelações.

O Brasil está no Grupo A do Mundial da Espanha, ao lado de Alemanha, França, Montenegro, Argentina e Tunísia. Os times se enfrentam dentro da chave e os quatro primeiros colocados avançam às oitavas de final.

"Depois das duas fases realizadas e de visualizar os amistosos, assim como a disponibilidade dos jogadores, já que alguns estão machucados, entendemos que estes são os que se ajustam a nossas exigências, pensando no presente e também no futuro", disse Ribera.

Segundo o treinador, a introdução de jovens valores dentro do grupo do Mundial já faz parte do planejamento para competições futuras como os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro-2016.

"Temos que oferecer aos jogadores jovens a possibilidade de experiência internacional, sabendo que no princípio pode ser um pouco ruim, mas que no futuro possam ter um melhor desempenho", concluiu o técnico espanhol.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Seleção Brasileira treina entre o Natal e o Réveillon para o Campeonato Mundial da Espanha

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade