Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Ex-Ferrari, Jody Scheckter dispara contra Fernando Alonso

Londres (Inglaterra)

Campeão mundial da Fórmula 1 com a Ferrari em 1979, o sul-africano Jody Scheckter não simpatiza com o principal piloto da equipe, o espanhol Fernando Alonso. Segundo o ex-piloto, que considera Vettel e Hamilton à frente do desafeto, Alonso perdeu credibilidade com o caso de espionagem da McLaren, em 2007. A raiva de Scheckter com o espanhol é tamanha que ele não torceu pelo piloto da equipe pelo qual foi campeão na definição do título deste ano.

“Não torci. Por Fernando, não. Acho que o que ele fez quando estava na McLaren me afastou dele eternamente”, revela o sul-africano, em entrevista à revista britânica MotorSport. “Acho que ele guiou bem este ano, não há dúvidas sobre isso. Ele está fazendo um bom trabalho. Mas quando alguém faz algo como aquilo, você perde o respeito por ele”, ressalta.

AFP
Acusado de espionagem, Alonso foi duramente criticado por Jody Scheckter, campeão com a Ferrari em 1979
Em 2007, a McLaren, que contava com Alonso e Hamilton em sua equipe, foi pega em esquema de espionagem sobre a Ferrari. Apesar de ter sido um dos primeiros a receber informações confidenciais de Mike Coughlan, engenheiro-chefe da escuderia, o espanhol contribuiu com as investigações de um dos maiores escândalos de espionagem da história da Fórmula 1 e acabou inocentado. Logo após o final da temporada, rompeu o seu contrato com a McLaren.

Apesar de considerar Alonso um dos melhores pilotos do grid da Fórmula 1, Scheckter afirma preferir o tricampeão Sebastian Vettel e Lewis Hamilton, companheiro do espanhol na McLaren em 2007.

“Sempre coloquei Vettel e Lewis juntos no top-2. Eu provavelmente tenha que colocar Alonso nisso, mas eu escolheria esses dois pilotos. Uniria dois touros e tentaria fazê-los trabalharem juntos de uma forma madura”, alfineta, antes de sentenciar sua preferência pelo piloto inglês. “Lewis foi fantástico em seus primeiros anos. Ele fez algumas manobras no tráfego que foram simplesmente sensacionais, saindo ileso na maioria das vezes, exceto no ano passado. Definitivamente, sou um fã dele”, conclui.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade