Natação/Mundial de Piscina Curta - ( - Atualizado )

Dois brasileiros terminam em quarto lugar no último dia em Istambul

Istambul (Turquia)

O Mundial de Piscina Curta de Istambul chegou ao fim neste domingo com brasileiros disputando quatro finais. No entanto, nenhuma medalha foi atingida e o País encerra a participação com uma medalha de ouro, conquistado por Nicholas Santos nos 50m borboleta, e uma de bronze, conquistada por Guilherme Guido nos 100m costas.

No domingo, o revezamento 4x100 medley foi a modalidade em que o Brasil esteve mais perto de conseguir uma medalha. A equipe ia conseguindo o bronze até os últimos 25 metros, quando a Austrália assumiu o terceiro posto.

Guilherme Guido abriu no costas (50s67), seguido por Felipe Lima (58s05), Kaio Márcio Almeida (49s86) e Guilherme Roth (47s15) somando 3m25s73. O ouro no revezamento foi para os Estados Unidos, que marcou 3m21s03, seguido por Rússia (3m22s88) e Austrália (3m24s77).

Dois brasileiros disputaram a final dos 50m peito. Enquanto João Gomes Júnior fez o tempo de 22s50 e ficou em quarto, Felipe Lima foi o sexto com 26s68. Com a marca de 26s30, o norueguês Aleksander Hetland foi ouro, com o esloveno Damir Dugonjic (26s32) e o francês Florent Manaudou (26s33) vindo atrás.

O domingo também marcou a despedida de Flávia Delaroli Cazziolato. A nadadora ficou em oitava com o tempo de 24s83 nos 50m livre em sua última prova após 15 anos de Seleção Brasileira.

Com 26s97, Fabíola Molína foi a sétima nos 50m costas, enquanto Daynara de Paula, que foi à final dos 100m borboleta após a desistência de duas atletas, fez 59s64 e foi a oitava colocada.

Satiro Sodre/CBDA
Neste domingo, João Gomes Júnior fez o tempo de 22s50 para ficar em quarto nos 50m peito em Istambul

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade