Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Declaração de Luxemburgo não surpreende diretoria do Grêmio

Porto Alegre (RS)

A revelação de Vanderlei Luxemburgo de que pode encerrar a carreira de treinador em 2013 não surpreendeu a diretoria gremista. Com contrato renovado até o fim de 2014, o treinador admitiu, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, que existe a possibilidade de deixar o banco de reservas no próximo ano para concorrer à presidência do Flamengo, seu time de coração, em 2014.

“Em outras oportunidades, o Luxemburgo disse que tem intenção de buscar novos desafios profissionais e de vida. Um deles é de assumir uma condição de dirigente no futuro no Flamengo, onde ele se criou. Mas o percebo muito focado no trabalho desse ano e direcionado para que a gente possa fazer um grande trabalho e obter vitórias importantes para o clube. Depois, se ele quiser tomar outra decisão, bom, daí é um segundo momento. Ele está muito focado para que o Grêmio tenha êxito nas competições que vai enfrentar”, disse o diretor executivo Rui Costa em entrevista à Rádio Gaúcha.

Sócio de longa data do Flamengo, Luxemburgo compareceu às eleições do clube, realizadas no dia 3 de dezembro. Na oportunidade, o treinador declarou apoio a Patrícia Amorim, que buscava a reeleição e acabou sendo derrotada pelo oposicionista Eduardo Bandeira de Mello.

Lucas Uebel/GFBPA
Luxemburgo teve seu contrato renovado após conquistar o terceiro lugar no Campeonato Brasileiro
Os jogadores do Grêmio se reapresentam para a pré-temporada no dia 3 de janeiro. O time gaúcho terá de jogar a pré-Libertadores, contra a LDU, do Equador, para conseguir vaga na fase de grupos da competição continental. O primeiro jogo será no dia 23 de janeiro, em Quito. O jogo da volta está marcado para o dia 30 de janeiro, em Porto Alegre.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade