Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Boca recusa pedido de Riquelme por contrato até 2015

Buenos Aires (Argentina)

Os principais dirigentes do Boca Juniors se reuniram nesta quinta-feira e decidiram recusar o pedido de Riquelme por um contrato até 2015. O clube conta com o jogador, mas sem mexer no compromisso atual, que está suspenso e tem término previsto para o meio de 2014.

O presidente da equipe, Daniel Angelici, havia conversado com o técnico Carlos Bianchi e com o meia na casa do treinador, na última quarta. E ficou de pensar na proposta de o contrato do atleta ser estendido pela mesma duração do assinado pelo comandante.

Apesar da negativa, a direção do Boca espera ver Riquelme na pré-temporada do time, em Tandil. A decisão foi comunicada ao representante do jogador, Daniel Bolotnicoff, que responderá aos dirigentes se seu cliente se apresentará no dia 5 de janeiro ou não.

Na complicada relação entre o meia e os dirigentes, é possível que a recusa da ampliação do contrato em um ano e meio cause novo atrito, o que aumentaria a chance de o Palmeiras contratar o jogador. Angelici e os vice-presidentes aguardam uma resposta nos próximos dias.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade