Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Kleina prioriza Libertadores e prepara time misto para começar 2013

São Paulo (SP)

Gilson Kleina só recebeu o lateral direito Ayrton, ex-Coritiba, como reforço até agora e ainda espera mais contratações, mas já pensa em administrar um elenco enxuto. O técnico quer priorizar a Libertadores no primeiro semestre e, por isso, é bem provável que o Palmeiras comece 2013 com um time misto no Campeonato Paulista.

Será a primeira vez que o treinador trabalhará em uma Libertadores, e ele ressalta a competição para valorizar os compromissos da equipe na próxima temporada. Em recente entrevista ao Sportv, por exemplo, reclamou que estavam “invertendo o calendário” por insistirem que o Verdão disputará a Série B do Brasileiro, que só deve começar em maio.

Antes, em fevereiro, começarão as partidas da Libertadores, e Kleina quer seus principais atletas em plenas condições para a primeira fase do torneio continental. Por isso, nomes como Henrique, Barcos e Marcos Assunção, caso o volante renove seu contrato, realizarão pré-temporada em meio às rodadas iniciais do Estadual. Dificilmente os três atuarão juntos em janeiro.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Treinador já trabalha com a ideia de elenco enxuto e usará as primeiras rodadas do Paulistão como teste
Por outro lado, enquanto não chegam reforços, o Paulistão servirá como teste. Kleina sabe que vai trabalhar com muitos jogadores vindos das categorias de base e outros que voltam de empréstimos de outros clube para serem aproveitados, como Souza e Wendel, que disputaram o último Brasileiro por Náutico e Ponte Preta, respectivamente. Estes devem compor o time nos primeiros jogos da temporada.

Diante de tantos problemas musculares nos três meses em que ficou à frente do Palmeiras na Série A, Kleina detectou como problema a falta de pré-temporada de qualidade para muitos comandados. E não abrirá mão disso em 2013, principalmente para evitar uma má campanha na Libertadores.

“Nós nos prepararemos com uma força maior para a Libertadores, até por ser uma competição com outro ritmo, outra pegada e até outra interpretação de arbitragem. Precisamos de planejamento para partirmos de um norte. Não estou abdicando do Paulista, mas faremos as coisas certas para diminuirmos as possibilidades de lesão”, disse o treinador, que marcou a reapresentação do elenco para o dia 3 e estreia no Paulista em 19 de janeiro, contra o Bragantino, no Pacaembu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade