Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Presidente do Millonarios anuncia que mantém Torres, alvo do Verdão

Bogotá (Colômbia)

O Palmeiras já dava como quase certa a contratação do zagueiro Román Torres, mas o título colombiano conquistado pelo Millonarios no domingo mudou o panorama do negócio. O presidente do clube de Bogotá anunciou nesta terça-feira a permanência do jogador panamenho, já que sua equipe também disputa a Libertadores.

“Tivemos uma excelente oferta pelo Román Torres, mas queremos mantê-lo, assim como todo o elenco campeão. O Román Torres fica", garantiu o mandatário Felipe Gaitán à rádio colombiana Antena 2.

O presidente cogita até um aumento salarial para o atleta ficar no Millonarios. “Estamos conversando sobre possibilidade de estender seu contrato. Agora ele está de férias, mas voltaremos a conversar em janeiro”, comentou o dirigente, descartando qualquer possibilidade de se desfazer de um dos destaques da equipe neste segundo semestre.

O próprio Gaitán, em entrevistas na semana passada, adotava um tom de despedida em relação a Torres. Porém, o título colombiano colocou o Millonarios na Libertadores e não só aumentou a necessidade de formar um time forte, mas também fez o jogador repensar em relação a aceitar disputar a Série B do Campeonato Brasileiro.

AFP
Zagueiro agradou a Gilson Kleina por suas atuações na eliminação do Palmeiras na Copa Sul-americana
No Panamá, o zagueiro deu declarações alegando desconhecer qualquer acerto com o Verdão, reiterando que tem contrato até 2015 com o Millonarios – embora classifique como uma ideia “bem vinda” jogar no Brasil.

Ainda na Colômbia, o defensor desconversou sobre uma possível saída em meio às celebrações pela conquista. “Não sei nada. Agora só tenho tempo de festejar com a minha família. Depois de tanto esforço, vou descansar”, afirmou.

Román Torres em 26 anos e agradou a Gilson Kleina quando o técnico o enfrentou e foi eliminado com o Palmeiras pelo Millonarios nas quartas de final da Copa Sul-americana. Sem ele, a diretoria – especialmente o gerente de futebol César Sampaio – segue na busca por um zagueiro para fazer companhia a Henrique, já que Mauricio Ramos deve virar reserva após cometer falhas decisivas no rebaixamento no Brasileiro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade