Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Sampaio admite que Barcos não renovou, mas garante atacante até 2015

Luque (Paraguai)

Arnaldo Tirone parece ter dado mais um passo errado na sua tentativa de melhorar sua imagem pensando nas eleições no Palmeiras em 21 de janeiro. Diferentemente do que o presidente disse em recente reunião do Conselho Deliberativo, Barcos não renovou seu contrato até 2016. Quem confirma é o gerente de futebol César Sampaio.

“Houve um ruído de comunicação. A renovação ainda não existe”, disse o dirigente, um dos representantes do clube no sorteio da Libertadores em Luque, no Paraguai, nesta sexta-feira. “Ainda estamos discutindo detalhes que não posso revelar. Quando a prorrogação acontecer, será anunciada no site oficial”, reforçou Sampaio, em frase que minimiza ainda mais o discurso de Tirone aos conselheiros.

O vice-presidente Roberto Frizzo, que também está no Paraguai, não quis se estender sobre o assunto, limitando-se a dizer que não estava na reunião do anúncio de Tirone e reiterando somente que o argentino tem contrato com o Verdão. E é o cumprimento desse vínculo, com duração até 2015, a única garantia de Sampaio.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Atacante ainda não assinou novo contrato, como disse Tirone, mas diretoria garante que ele fica mais dois anos
“Independentemente da renovação, quero tranquilizar a torcida palmeirense dizendo que existe a garantia de que ele ficará mais dois anos conosco. A prorrogação seria importante, mas, mesmo sem o acordo, tenho certeza de que o Barcos fica no Palmeiras até o fim de seu contrato”, frisou o gerente de futebol.

Diante do anúncio de sua renovação, o atacante só se manifestou nas redes sociais escrevendo “Nada vai mudar o nosso amor. Nada vai mudar nossa paixão. muito bom essa frase. Estamos juntos em 2013”. Já o seu irmão e agente, David Barcos, negou qualquer assinatura de novo contrato com o centroavante.

Por temer perder espaço na seleção argentina e, assim, ficar fora da Copa do Mundo, Barcos cogitou sua saída para não disputar a Série B do Brasileiro. O jogador, no entanto, tem garantido que estará no clube na próxima temporada, e dificilmente deixará a equipe antes do fim da campanha palmeirense na Libertadores.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade